Grupo Cénico

 Tal como a música, a arte de representar também vem acompanhando a vida e a história da Sociedade Filarmónica Humanitária. Durante a sua existência, foram várias as peças que esgotaram durante meses a sala de espectáculos desta sociedade de cultura e recreio.Peças como “Arranha-te...”, “Tás a ver...é limpinho”, “Daqui...não levas nada” e a mais  emblemática “Esta noite é nossa”, encheram durante largas noites a vila de Palmela de alegria e cor. Representadas na forma de teatro-revista, estas peças criticavam de uma forma alegre a sociedade de então.Recentemente surge uma renovada Escola de Teatro e Grupo Cénico, auto intitulado TONI – Teatro Oriundo da Nossa Imaginação, que com muita imaginação e criatividade tem devolvido a vida teatral que outrora existiu nesta sociedade, contando já com grandes sucessos como a peça “Quem Será O Pai da Criança?”, “Jesus Cristo Superstar”, e ainda “Onde está a Brande de Neve?”, pelo TONI Júnior.