Obras de Remodelação e Ampliação do Edifício Sede da SFH com apoio do QREN

A Sociedade Filarmónica Humanitária, fundada a 8 de Outubro de 1864, fica situada no centro da vila histórica de Palmela, constituindo uma das referências na vida cultural e social da população do concelho de Palmela e mesmo de parte da Área Metropolitana de Lisboa.

 

Desde o século XIX que esta colectividade se assume como um importante palco de espectáculos da região, mantendo uma actividade regular de programação e divulgação musical.

 

A sua principal missão é a promoção de actividades e eventos de índole sócio cultural, nomeadamente através da manutenção da sua Banda de Música, mas também actua na área de desenvolvimento de actividades recreativas e culturais como o Teatro, o Canto, a Dança ou o Ensino Instrumental, mantendo organizados no seu seio e em actividade, os seguintes grupos: Banda de Música, Grupo Coral, Escola de Teatro, Escola de Dança, Escola de Música e Orquestra de Jazz.

O Ensino Instrumental, para além da vertente Escola de Música, assume a sua maior expressão no funcionamento do Conservatório Regional de Música, que desde 2001 proporciona aos jovens uma formação especializada na área da música com certificação oficial.

Assim, assumindo um Plano de Actividades anual completo e diversificado, a Sociedade Filarmónica Humanitária recebe diariamente entre alunos, executantes, sócios e amigos, mais de 500 pessoas, que utilizam esta verdadeira “Casa de Pais e Escola de Filhos”, que ao longo das várias gerações vêm deixando o seu nome associado a esta instituição.

Neste sentido, de forma a dotar a Sociedade de infra-estruturas adequadas em prol da promoção das actividades culturais e tendo em vista a segurança, a candidatura teve por objectivo a remodelação e modernização do palco e espaços de apoio, num projecto fundamental para continuar a responder com qualidade às crescentes exigências impostas pelo normal funcionamento da sua actividade.

As áreas intervencionadas foram:

- Palco, com o aumento da profundidade da caixa de palco, reaproveitando o sub-palco para sala de ensaios, instalação de equipamento com sistema de protecção de incêndio.

- Camarins, com a reestruturação e equipamento com bancada fixa, instalações sanitárias e chuveiros.

- Oficina de palco, com aumento das áreas e instalação de porta corta fogo.

- Equipamento de som e luminotecnia, com aquisição de equipamento para as áreas de palco, sala e régie.

- Insonorização do palco e sala, com a substituição da caixilharia de forma a melhorar as condições de isolamento acústico relativamente ao exterior.