Muito salero em tons de azul.jpg
Line separator

ESCOLA
DE FLAMENCO&
DANÇAS SEVILHANAS
.

convívios e serões com espírito andaluz, onde diferentes aromas, cores garridas, formas de fazer cultura se misturam para proporcionar magníficas festas.

SFH&
ESPIRITO DE FESTA
.

A Escola de Flamenco e Danças Sevilhanas nasce em 2005, da vontade  de reviver o que na Humanitária já foi mote de alegóricos cortejos, verdadeiros convívios e serões com espírito andaluz, onde diferentes aromas, cores garridas, formas de fazer cultura se misturam para proporcionar magníficas festas.

Sob a  direção da professora Maria José Navarro, as aulas contam hoje com um número de 40 alunas divididas pelas classes infantil, intermédios e avançados.

 

Espalhando o espírito de festa e uma diferente forma de estar no mundo da dança, a Escola de Flamenco e Danças Sevilhanas da Humanitária tem participado em diversas festas de cariz clássico e popular, no concelho e outros pontos do país, com atuações que transmitem sentimento e alegria.

BIOGRAFIA
DA NOSSA
PROFESSORA
.

Escola de Sevilhanas da Soc. F_edited.jpg

MARIA JOSÉ NAVARRO

Nascida em 1970 em Sevilha (Espanha). Desde muito jovem começa a ter contacto com o mundo do espetáculo em várias vertentes, dança, teatro... Aos 17 anos começa a dedicar-se profissionalmente ao mundo da dança (flamenco e dança clássica espanhola), que perdura até aos dias de hoje. Em 1994 vem para Portugal, ficando a residir em Lisboa, sempre em contacto com a dança. Formação: Aos 9 anos começa a ter aulas na Escola de Dança Los Zuritas, prosseguindo até os 17 anos (Sevilla). Integrou a Escola de Baile Manolo Marín (Sevilla) e a Escola de Baile La Toná (Sevilla).Ensino: Em Espanha, até 1990, dava aulas de dança a crianças. Já em Portugal  em 1995, ministra um curso de sevilhanas e flamenco na Escola de Motricidade Humana de Lisboa. Começa a dar aulas de sevilhanas e flamenco no Ginásio dos Bombeiros Voluntários de Carnaxide. Desde 1996, dá aulas de Sevilhanas e Flamenco, acompanhadas por guitarra e canto com Xavier Llonch. A partir de Março 2005 Dança Clássica Espanhola e Castanholas, na Juventude da Galiza. Em 1999 dá aulas de flamenco na Escola de Dança Marta Atayede. Em 2002 dá aulas de Sevilhanas na associação Tópico de Dança, (Cascais). Desde 2006/2007 é professora e responsável artística pela Escola de Flamenco e Danças Sevilhanas na Sociedade Filarmónica Humanitária de Palmela, abordando várias temáticas na arte e o ensino de castanholas.  

Tem provas dadas pela experiência acumulada, através dos muitos espetáculos dados ao longo da sua vida, fomentando sempre o gosto pela arte e o espirito de grupo.